sexta-feira, 9 de novembro de 2018

BAILARES FESTIVAL DE DANÇA TEM SHOW DE GALA, MOSTRA DE DANÇA E ESPETÁCULO NESTE FINAL DE SEMANA



Desde outubro, Feira de Santana recebe a 3ª edição do BAILARES FESTIVAL DE DANÇA que até o momento promoveu Palestra sobre Empoderamento Feminino com Angela Cheirosa de Camaçari; Roda de Conversa sobre Políticas Públicas voltadas para a Dança, que contou com nomes como Janahyna Cavalcante (Coordenadora da FUNCEB, professora e bailarina), Avany Vaz (professora e bailarina), Angela Cheirosa (professora e bailarina) e a comunidade local; Workshops de Street Jazz e Stiletto Dance com o The Fabulous, Afro Urbano com Rony Blastoyse, Tribal Brasil com a Trupe Mandhala reunindo bailarinos profissionais, amadores e interessados pela dança em um único espaço.

E neste fim de semana, dias 10 e 11 de Novembro, acontecerá um dos pontos altos do Festival, que são as apresentações de dança.
No dia 10 haverá o SHOW DE GALA com apresentações do Grupo  InFlame,  Darlan Hilton, Sidinha Damasceno, Grupo Bastet, Heron dos Anjos, Veronica Vanessa, Caique Melo, Rony Blastoyse, Trupe Mandhala, Angela Cheirosa,  The Fabulous, Joline Andrade, Fábio Freitas, Academia Arte de Dançar e da própria, no TEATRO MARGARIDA RIBEIRO, a partir das 19h.


No Domingo, dia 11, acontecerá a MOSTRA DANÇA DIFUSÃO com apresentações dos bailarinos e grupos selecionados através de inscrição: Instituto GriÔ, Grupo Divas do Ventre, Kau Christine, Cia Lápis Lazuli, Ana Antunes, Lucas Afonso e Leonardo Oliver, Jamile Dalia, Wllians Pretoh, Isa Nou e Thayane Santos e Performance de Ariel Castelly. A partir das 19h no TEATRO DO MAESTRO MIRO.

Ao final da Mostra o público irá contemplar o ESPETÁCULO CY – DEUSAS DA PRÓPRIA HISTÓRIA, que se apresenta pela primeira vez em Feira de Santana. O espetáculo fala sobre o despertar do sagrado feminino em nós. Fez parte do trabalho de conclusão de Antonia Lyara da Trupe Mandhala em formatura da Escola de Dança da Funceb e tem um elenco incrível, de mulheres que trabalham com dança e também corpos que nunca dançaram. Tem trilha sonora própria composta por Alessandra Leao, Ricardo Costa e Antonia Lyara e tem como fundamentação de base de pesquisa a Constelação Sistêmica Familiar e a cura dos antepassados. Classificação Indicativa: 16 anos.



CY – DEUSAS DA PRÓPRIA HISTÓRIA

A mãe terra esta grávida! do princípio gerador, nutridora de vida, em horas de outro avesso, o desejo de se reinventar. Escrever a lápis, satisfazer-se com o próprio cheiro, ser fruto na ceia, nascida num canteiro aquecido. Saída da lama, das folhas....
Renascida
Nascida
Nascendo!

Elenco: Antonia Lyara | Adjanali Moreira | Carmem Silva | Cléo Marques | Giulianna Giul | Isis Santana | Juliana Oliveira | Lis Lisboa | Luciana Oliveira | Mariana Braga | Mariana Simões | Neilinha Andrade | Raina Santos | Rita Eloá | Sidinha Damasceno | Thais Gomes | Viviane Macedo

Participações Especiais: Hulluca Costa | Luma Gonçalves





Sobre a Trupe Mandhala e o Bailares
O Bailares é idealizado pela Trupe Mandhala, grupo de Dança Étnica Contemporânea formado em Feira de Santana, o projeto surgiu a partir da percepção da necessidade de fomento a ações mais amplas voltadas para a artes na cidade, trazendo a dança como linguagem primordial, com o intuito de incentivar o desenvolvimento, bem como o fortalecimento do público para esta área, possibilitando acesso gratuito às aulas e espetáculos realizados por profissionais qualificados. Além disso, o projeto ainda pretende trabalhar a dança em suas vertentes curativas e terapêuticas, promovendo a inclusão de mulheres em situação de vulnerabilidade social, por meio de vivências em dança e a ocupação de direito dos espaços culturais.

Sobre a Belgo Bekaert Arames: Com a visão de ser a principal empresa global em soluções de arame, nasceu em 1º de março de 1997 a Belgo Bekaert Arames, resultado de uma joint venture entre o maior grupo siderúrgico do mundo, a ArcelorMittal S.A., e o maior produtor mundial de arames, a N.V. Bekaert.
Referência global na fabricação de aço, a ArcelorMittal está presente em 61 países, atendendo ao mercado siderúrgico com produtos de alta qualidade.
Líder no mercado de arames, a N.V. Bekaert Arames possui mais de 130 anos de atuação, com presença em mais de 120 países, sempre aliando sua tradição ao avanço tecnológico constante.
Unindo a força desses acionistas, a Belgo Bekaert Arames é líder no mercado brasileiro de arames. Atualmente a Belgo Bekaert Arames possui unidades em Contagem e Sabará, em Minas Gerais; Osasco e Hortolândia, em São Paulo e Feira de Santana, na Bahia.

sábado, 3 de novembro de 2018

SELECIONADOS MOSTRA DANÇA DIFUSÃO

Segue abaixo a lista dos artistas / grupos selecionados para se apresentarem na Mostra Dança Difusão (11 de Novembro, Domingo, 19h, Teatro do Centro de Cultura Maestro Miro)



Isaura Perrucho Nou
Nome da coreo: Farewell

Karla Christine
Nome da Coreo: Pretty little thing

Ana Antunes
Nome da coreo: Heer

Jamile Dalia
Nome da coreo: Empoderamento Feminino através do Derbak

Emily Santos
Nome da coreo: Can't take my eyes on you

Shayna Maran
Nome da coreo: Árabe Metal

Cia Lápis Lazuli
Nome da coreo: Serpentes

Divas do Ventre
Nome da coreo: A sutileza do véu

Duo Isa Nou e Thayane
Nome da coreo: Àsorigen

Lucas Afonso e Leonardo Oliver
Nome da coreo: Namaster

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Bailares 3a edição


Vem aí mais um edição do BAILARES FESTIVAL DE DANÇA

Para saber mais, clique na última aba do menu acima - Bailares 2018 - e confira a programação e demais informações




BAILARES FESTIVAL DE DANÇA CHEGA À SUA EDIÇÃO

De outubro a novembro, a cidade de Feira de Santana recebe a 3ª edição do BAILARES FESTIVAL DE DANÇA. O evento promove Oficinas, Workshops, Espetáculos, Palestras e Roda de Conversa, reunindo bailarinos profissionais, amadores e interessados pela dança em um único espaço.

Idealizado pela Trupe Mandhala, grupo de Dança Étnica Contemporânea formado
em Feira de Santana, o projeto surgiu a partir da percepção da necessidade de fomento a ações mais amplas voltadas para a artes na cidade, trazendo a dança como linguagem primordial, com o intuito de incentivar o desenvolvimento, bem como o fortalecimento do público para esta área, possibilitando acesso gratuito às aulas e espetáculos realizados por profissionais qualificados. Além disso, o projeto ainda pretende trabalhar a dança em suas vertentes curativas e terapêuticas, promovendo a inclusão de mulheres em situação de vulnerabilidade social, por meio de vivências em dança e a ocupação de direito dos espaços culturais.

Sobre a Belgo Bekaert Arames: Com a visão de ser a principal empresa global em soluções de arame, nasceu em 1º de março de 1997 a Belgo Bekaert Arames, resultado de uma joint venture entre o maior grupo siderúrgico do mundo, a ArcelorMittal S.A., e o maior produtor mundial de arames, a N.V. Bekaert.
Referência global na fabricação de aço, a ArcelorMittal está presente em 61 países, atendendo ao mercado siderúrgico com produtos de alta qualidade.
Líder no mercado de arames, a N.V. Bekaert Arames possui mais de 130 anos de atuação, com presença em mais de 120 países, sempre aliando sua tradição ao avanço tecnológico constante.
Unindo a força desses acionistas, a Belgo Bekaert Arames é líder no mercado brasileiro de arames. Atualmente a Belgo Bekaert Arames possui unidades em Contagem  e Sabará, em Minas Gerais; Osasco e Hortolândia, em São Paulo e Feira de Santana, na Bahia.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Joline Andrade retorna a Feira de Santana trazendo dois workshops


Em novembro teremos aqui em Feira de Santana a presença da professora, bailarina e coreógrafa Joline Andrade ministrando 2 workshops e se apresentando no Teatro do Centro de Cultura Maestro Miro.
Garanta logo a sua vaga! 







quinta-feira, 8 de março de 2018

Dia Internacional da Mulher




Que nossa luta seja lembrada e respeitada não apenas em um dia do ano! 
Resistir / Existir sempre
Retroceder jamais









quarta-feira, 7 de março de 2018

Participação da Trupe Mandhala em eventos em homenagem ao Dia Internacional da Mulher


Nesta quinta, Dia Internacional da Mulher, participaremos de alguns eventos, levando a energia da força feminina, através da arte da Dança do Ventre e Tribal.

No Bayoma, espaço localizado no Shopping Millenium (Av. Fraga Maia - Feira de Santana) acontecerá o "Bayoma para Elas", onde as mandhalinhas Lyara e Vika farão apresentação de dança Tribal e também participarão de um bate-papo delicioso com a nutricionista Izabela Trabuco, tudo a partir das 19 horas.

Além disso, a mandhalinha Mary fará um aulão de Dança do Ventre Tribal e Dança Circular no Projeto Dia da Mulher - Empoderamento Feminino da Clínica Nuclear, representando o Roberta de Paula Sttudio de Dança, onde acontecerá também Oficinas de Automaquiagem, Defesa Pessoal, Strip tease da lanterna, além de Desfile e Sorteios, tudo das 17h às 21h.

Todas as ações serão gratuitas. Participem!!





quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Trupe Mandhala no Dramofone - Festival de Dança Tribal e outras Hibridações

Neste sábado estaremos nos apresentando na IX edição do Dramofone - Festival de Dança Tribal e outras Hibridações (Direção Joline Andrade) 

Levaremos o Charleston Fusion, Corpo em Trânsito (trabalho novinho), e a cena 3 do Espetáculo CY - Deusas da Própria História (com direção da nossa mandhalinha Antonia Lyara).

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Dramofone Tribal Festival​ - IX EDIÇÃO
Festival de Dança Tribal e outras hibridações


17 de fevereiro (sábado) às 19h30
Teatro Sesc Senac Pelourinho (Largo do Pelourinho, 19 - Salvador-BA)
Classificação indicativa: maiores de 18 anos

Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)
Compra online (Sympla):https://www.sympla.com.br/dramofone-tribal-festival-ix-edicao__233397

Direção: Joline Andrade​

ELENCO:

- Banda de Dança (Adriana Munford​, Aishá Roriz​, Daniele Denovaro​, Daniela Veiga​, Juliana Leite T. Freitas​ e Rita Basttos​)
- Caique Melo
- Trupe Mandhala (Antonia Ribeiro​, Mary Braga Figuerêdo​ e Viviane Macedo​)
- Cena 3 do Espetáculo "Cy - Deusas da Própria História", com direção de Antonia Ribeiro. Elenco: Adjanali Moreira​, Aline Britto Olivier​, Carla Maria Nunes​, Joana Astro​, Mary Braga Figuerêdo, Nanda Rachell​, Neilinha Andrade​, Paula Marinho​, Raina Santos​, Sidinha Damasceno​, Thais Gomes​, Venus Carvalho​, Viviane Macedo
- Alunas: Ariana De Aquino​, Camila Marchena​, Fernanda Mantelli​, Fernanda Teles​, Gabriela Medrado​, Gabriela Macedo​, Isis Noguti​, Ju Barreto​, Ellbereth Gilthoniel​ e Tatiana Freitas​.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
FOTOGRAFIA: Dayse Cardoso - Espetáculo CY - Deusas da própria história

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, árvore, atividades ao ar livre e natureza
FOTOGRAFIA: Alan Magalhães. Ensaio Dança, o despertar da Alma. Trupe Mandhala


Info: joline_teixeira@hotmail.com | (71)98796-3669

www.jolineandrade.com/dramofone




sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

WORKSHOP DE DANÇA INDIANA ESTILO BHARATANATYAM COM ANANDA GOVINDA EM FEIRA DE SANTANA




O que é Dança Indiana estilo Bharatanatyam? 

É uma dança sagrada milenar expressiva, onde o dançarino utiliza um extenso repertório de linguagem gestual e da dramaticidade do corpo para narrar visualmente épicos da literatura Hindu.

MUDRAS: As mãos são poderosas ferramentas de defesa, de cura, de comunicação física e espiritual, e acima de tudo, são meios de manifestar a criação. Na dança clássica indiana, a mão ganha um alfabeto de posturas que traduzem diversos significados. É um verdadeiro dicionário que o bailarino estuda para traduzir palavras em sinais que carregam toda história da dança.

Em cada coreografia são contadas histórias sobre a vida das divindades, todas através da interpretação e destas linguagens de sinais que são os mudras. Quando usados na Dança Indiana, os Mudras frequentemente são chamados de Hastas, sânscrito para "mãos". Eles são divididos em diversas categorias, como gestos com uma mão só, com as duas mãos combinadas , gestos que significam divindades, entre outros. São 28 mudras com uma mão só, 24 com as mãos conjugadas, dentre outros.




DIA 25 DE MARÇO DE 2018
DAS 09h ÀS 12h
ESPAÇO D'ART E STUDIO DE DANÇA AVANY VAZ - Praça Carlos Bahia, 185, Centro, Feira de Santana, Bahia (perto da Igreja da Matriz, depois do antigo Palácio do Menor)

REALIZAÇÃO: Trupe Mandhala

domingo, 29 de outubro de 2017

Curso de Tribal Brasil em Feira de Santana




Viemos trazer boas novas para nossa tribo dançante!
Em novembro a nossa mandhalinha Antonia Lyara inicia o Curso de Tribal Brasil na cidade de Feira de Santana por módulos temáticos. Cada módulo com 12 aulas, teóricas, práticas e vivências de campo, com Antonia e profissionais convidados de diversas áreas.

Para abrir com chave de ouro, o TRIBAL BRASIL EM ESSÊNCIA, fusão de danças Orientais, com Capoeira Angola dos ANGOLEIROS DO SERTAO. Em parceria com Hulluca Angoleiro do Sertão ministrando as aulas e certificando os participantes.

O Curso surgiu através da vivência do curso de formação com Kilma Farias da Cia Lunay que estará nos acompanhando sempre que puder.

O investimento por módulo é de 200 reais, que pode ser dividido em 2x, com direito a material didático. Temos pouquíssimas vagas e até então não temos planos de repetição  de módulo na cidade.
Esperamos você nessa nossa viagem que será inesquecível.

As aulas acontecerão no espaço colaborativo de artes Casa 18, com horário a combinar com a turma. Fica localizada no caminho 40 do conjunto Feira VII - fácil acesso, igual coração  de vó hahahahahaha.

Se tiver interesse em participar chame no whatsapp para o envio da ficha de inscrição.
71993130513 - Antonia L.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...